Dicas de Leitura

Apaixonada por um Highlander – Marcia Pimentel

postado em agosto 02, 2019

Bom dia meus queridos leitores!!!! Em “Apaixonada por um Highlander” será contada a estória de amor de Tohran Cameron e Isobel Grant, um amor inusitado, que tinha tudo para dar muito errado, dois clãs inimigos desde sempre, que tiveram que se unir em casamento por ordem do Rei da Escócia… Com apenas essas poucas palavras já dá para esperar por muitos problemas, conflitos, traições,  mas graças a Deus também podemos esperar pela força do AMOR…

Sinopse

Há poucos dias de fazer os votos e se tornar uma freira, Isobel Grant é informada por seu pai, que até aquele momento nunca o tinha visto, que teria que deixar o convento e se casar. Ao chegar no Castelo Corpach ela conhece Lorde Tohran Cameron, o senhor do castelo e Chefe do clã Cameron de Corpach. Mesmo com toda a arrogância de Tohran, o coração de Isobel o reconhece como seu grande amor. Tohran não está nada feliz com aquele casamento, por uma ordem do rei ele terá que se casar com a filha do seu inimigo. Isobel e Tohran travarão batalhas em seus corações e batalhas reais. Tohran terá que lidar com a traição de alguém de seu próprio clã. E Isobel travará uma luta com sua própria família. Essas batalhas só serão vencidas se eles lutarem juntos.

Resenha

O romance dá inicio na Escócia em 1540…

Comecemos por descrever o nosso Highlander:
Tohran Cameron, 25 anos, cabelos castanhos escuros lisos que iam ate a altura dos ombros, seus olhos eram de um verde tão claro que pareciam duas pedras transparentes, uma pele morena, com certeza pelos anos sendo exposto ao sol nos treinos e batalhas.

Um guerreiro forte, honrado,  que amava seu clã, que fazia de tudo para honrar a memória do seu amado pai, mas que não se permitia amar, achava que o amor por uma mulher era uma fraqueza que ele não poderia ter jamais…

E claro nao poderia deixar de falar sobre Isobel Grant, infelizmente ou felizmente a mãe de Isobel morreu no parto ao dar a luz e seu pai nunca a perdoou, por isso ela foi levada ainda bebê para um convento, onde viveu até os seus 18 anos, ela se transformou em uma mulher linda, com cabelos longos pretos e olhos muito azuis, dona de uma personalidade cativante e um coração bondoso e guerreiro ao mesmo tempo, foi considerada a mulher mais linda da Escócia…

Isobel só foi retirada do convento pelo seu pai, pois o Rei ordenou que a guerra entre os clãs Cameron e Grant acabassem, e o Rei sem saber da existência de Isobel exigiu que o Lord William entregasse sua filha ao matrimônio, como o Rei não disse o nome de Enyah (até o presente momento a única filha conhecida de Lord Grant), ele bolou esse plano de casar Isobel com Tohran, só que ele não sabia que sua filha tinha se transformado em uma bela mulher, ele esperava encontrar uma Isobel infeliz e abatida, uma mulher mal amada e rancorosa que só iria arruinar com a vida dos Cameron…

“Isobel Cameron era uma mulher valente, uma mulher que lutou muitas batalhas. Lutou para mostrar ao marido que ela o amava e que ele podia confiar nela. Lutou pela vida das pessoas que faziam parte do seu clã. Um clã que ela escolher pertencer. Uma mulher com a força que Isobel Cameron tinha, não se entregaria a morte sem antes lutar muito por sua vida.”

Como de costume não vou colocar aqui mais Spoilers do que já coloquei, eu li o livro em apenas um dia, foi uma leitura agradável e eu recomendo, foi o primeiro livro que tive a oprtunidade de ler da Márcia Pimentel, e pretendo ler outros livros da autora, só não posso deixar de registrar aqui que o livro infelizmente possui muitos erros ortográficos, ele necessita urgente de uma revisão detalhada!!!

Apaixonada por um Highlander possui 244 páginas e foi lançado em Agosto de 2015 pela Editora Clube de Autores.
Marcia Pimentel: Nasceu em 1974 na cidade de Duque de Caxias no estado do Rio de Janeiro onde passou o começo de sua infância. Atualmente reside na cidade de Japeri com suas três filhas: Yasmin, Karine e Sabrina, para quem sempre dedica seus livros e seu marido. Passou sua adolescência no bairro do Grajaú com sua mãe, seu padrasto e seus três irmãos. Aos 16 anos escreveu seu primeiro livro de cartas, não publicado. Foi durante a adolescência que começou a ler livros de romances e a se interessar por esse tema. Perdeu sua mãe aos 19 anos. Se casou aos 20 anos e teve três filhas. Escreveu seu primeiro livro de romance aos 36 anos, depois do incentivo das suas filhas. Seu gênero preferido de escrita é de Romance Histórico, seu público principal são os adultos, mas recentemente se aventurou em escrever para o público adolescente com os dois livros DESCOBERTAS E ESCOLHAS. Suas primeiras leitoras foram suas filhas que aprovaram os dois livros.

E este foi o Post de hoje!!!! Obrigado pela visita e até a próxima!!!!

Fernanda Tusutiya
Fernanda Tusutiya

posts relacionados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *