Dicas de Leitura

Nunca julgue uma dama pela aparência – O Clube dos Canalhas – Quarto Livro – Sarah MacLean

postado em dezembro 04, 2018
Bom dia queridos leitores!!!! Hoje trago aqui a resenha do ultimo livro da série: O Clube dos Canalhas!!!! Vem comigo conhecer um pouquinho da estória de amor de “Chase”e Duncan West….

Sinopse

Duncan West, assim como todos os homens, enxerga apenas o que quer…

Mas ele estava prestes a ver o que não queria.

Para a aristocracia, Lady Georgiana é a pobre irmã de um duque, rejeitada pela família após ter sido arruinada no pior tipo de escândalo possível: uma mulher que fez escolhas infelizes ao entregar-se de corpo e alma para um rapaz que todos desconhecem.

Mas a verdade é sempre muito mais chocante! Nos recônditos mais obscuros de Londres, Lady Georgiana é a mulher mais poderosa da Grã-Bretanha, a rainha do submundo londrino, e atende pelo nome de Chase, o lendário e temido fundador do cassino mais exclusivo da cidade, o Anjo Caído.

Circulando disfarçada pelos corredores de seu império, Chase sabe dos piores segredos dos figurões da sociedade e tem todos os poderosos na palma de sua mão, mas durante anos os seus próprios mistérios nunca foram descobertos… Até agora!

Brilhante, inteligente e bonito como o pecado, o jornalista Duncan West está intrigado com a linda mulher – que de alguma forma está ligada a um mundo de trevas e perdição. Ele sabe que Georgiana é muito mais do que parece e promete desvendar todos os seus segredos, expondo seu passado, ameaçando seu presente e arriscando tudo o que ela tem de mais precioso. Inclusive seu coração.

Resenha

E hoje será contada a estória de Chase, o último livro da série: O clube dos canalhas… Assim como eu previ no segundo livro, Chase na verdade é uma milher – Lady Georgiana Pearson e também a mais famosa cortesã Anna (claro que as outras duas personalidades na verdade não existem, são apenas personagens criados pela brilhante Georgiana.

“Lady Georgiana Pearson – que não fazia questão do título honorífico e também não o merecia – adorava sua ruína. Afinal, isso a tinha tornado rica e poderosa, ela era a proprietária de O Anjo Caído, o cassino mais escandaloso e exclusivo de Londres. Era, também, a pessoa mais temida na Grã-Bretanha: o misterioso “cavalheiro” conhecido apenas como Chase. Pouco importava que ela era, de fato, uma mulher. Então, sim, Georgiana acreditava que o céu tinha lhe sorrido naquele dia, uma década atrás, quando seu destino foi forjado. Seu exílio da Sociedade, para o bem ou para o mal, significava uma escassez de convites para festas, chás, piqueniques e eventos sociais, o que, por sua vez, eliminava a necessidade de batalhões de acompanhantes, conversas fúteis acompanhadas de limonada tépida e do falso interesse na “santa trindade da conversação aristocrática feminina”, ou seja, fofoca estúpida, moda contemporânea e cavalheiros casadouros.”

Acredito que todo livro final de uma série é o mais emocionante, envolvente e viciante de todos e “Nunca julgue uma dama pela aparência” não poderia ser diferente, esse livro me prendeu desde a primeira página,  simplesmente não consegui parar de ler, os personagens contidos neste livro já são nossos conhecidos e foi muito bom poder acompanhar um pouquinho mais dos nossos outros três canalhas e suas respectivas esposas…

Mas o que posso contar sobre esse livro em específico??? Bom…. para começar tenho que ressaltar aqui que Chase é sem dúvida nenhuma fantástica, sua inteligência, sua coragem, a forma como reconstruiu sua vida depois de um erro no passado, é sem dúvida admirável.

“Ela estabeleceu aliança com três aristocratas desgraçados, todos mais fortes e inteligentes do que o resto da Sociedade. E todos arruinados, sem qualquer dúvida. Todos desesperados para se esconder da Sociedade, embora mandassem nela. E juntos eles realmente mandavam. Bourne, Cross, Temple e Chase tinham os homens e as mulheres mais poderosos de Londres sob seu domínio. Eles sabiam de suas verdades mais sombrias, seus segredos mais obscuros. Mas era Chase quem de fato reinava, em parte porque era Georgiana que nunca seria capaz de voltar plenamente para a Sociedade.”

Não posso deixar de citar aqui também a minha fascinação pela bela Caroline,  filha única de Chase, com seus 9 aninhos, nos brindou com uma inteligência ímpar e uma sagacidade que sem dúvida nenhuma herdou de sua mãe!!!

Mas o meu destaque principal vai para Duncan West!!!! Que homem, um exemplar com “H” maiúsculo, ele me conquistou, desde a sua personalidade, sua inteligência, seu sexy appeal, acredito que não existe no planeta um homem tão perfeito para Chase do Duncan, mas como bem sabemos, o estilo de Sarah MacLean é repleto de muitas pedras no caminho antes do casal conseguir enfim chegar a ficar juntos, e são essas pedras que nos cativam…

“Saiba de uma verdade absoluta; eu vou fazer você gritar de prazer. Você vai me implorar para parar, e então, quando eu parar, você vai implorar para eu começar de novo. Você não vai saber o que fazer quando eu acabar com você, porque não vai se lembrar como é seu corpo sem o prazer que eu pretendo lhe dar.”

Termino essa breve resenha com a frase acima, só para dar um gostinho do que esse livro nos reserva!!!! Quente??? Pode apostar que sim…

“Nunca julgue uma dama pela aparência” possui 320 páginas e foi lançado em fevereiro de 2016 pela Editora Gutenberg.

 

 

Sarah MacLean passou boa parte da infância em meio a livros e bibliotecas, o que lhe inspirou o amor tanto por fatos históricos quanto por romances ficcionais. Formada pela Smith College e pela Universidade de Harvard, ambas em Massachusetts, foi quando se mudou para Nova York que Sarah finalmente decidiu unir suas maiores paixões e escrever o primeiro livro. Desde então, suas obras já entraram na lista de mais vendidos do The New York Times, do The Washington Post e do USA Today, além de terem sido traduzidas para mais de vinte idiomas.

Vencedora do prêmio RITA na categoria Romances de Época, Sarah MacLean também é colunista do The Washington Post. Ela ainda mora em Nova York, com o marido e a filha.

 

E este foi o Post de hoje!!!! Obrigado pela visita e até a próxima!!!!

 

Fernanda Tusutiya
Fernanda Tusutiya

posts relacionados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *