Dicas de Leitura

Conto: Um presente entre as cinzas

postado em junho 18, 2021

Bom dia meus amores!!! Tudo bem?

Hoje eu trago um conto a parte da série da Família Volkiov: Um presente entre as cinzas que conta a estória de amor de Elena e Viktor… Eu confesso que me surpreendi com esta personagem, no segundo livro da série eu tive uma impressão totalmente errada sobre ela, e foi uma grata surpresa…. Vem comigo curtir mais essa dica de leitura…

Sinopse


VIKTOR YASHKIN é o chefe de segurança pessoal de Elena Kokorina, a presidente da Kokorin Enterprises, conhecida principalmente por sua personalidade desagradável e, muitas vezes, tirânica. Mas o passado dos dois esconde ressentimentos trágicos que tendem a ser revisitados com a chegada do ano novo.

Enquanto se divide entre a animação de sua filha pequena e o trabalho, Viktor descobre que seus sentimentos protetores com relação à Elena talvez signifiquem muito mais do que apenas culpa por tê-la abandonado quando ela mais precisou.

ELENA KOKORINA perdeu as pessoas que mais amava em diferentes momentos da vida, e teve que construir muros rigorosos para se proteger. Sua reputação vilanesca começa a ceder, no entanto, quando uma de suas maiores perdas retorna, depois de muito tempo, como seu segurança pessoal. Elena sabe que, a cada dia, se torna mais difícil ignorar a chama que ele acende em seu coração, um lugar que esteve preenchido apenas com cinzas por tempo demais.

Atenção: Este CONTO se passa logo após os acontecimentos finais do livro “Entre Acasos e Destinos” e apresenta alguns spoilers do mesmo, além disso, alguns elementos das duas tramas se entrelaçam. Portanto, recomenda-se a leitura do livro 2 da série Entre Amores: Família Volkiov para uma melhor experiência. No entanto, a compreensão deste conto não depende da leitura dos demais livros.

Elena Kokorina é uma jovem mulher que teve que aprender a se defender muito cedo, perdeu os pais em um acidente de carro e seu único irmão foi assassinado pelo seu próprio avô (que tinha a guarda dela), ela se aproximou de Vladimir Volkiov (segundo livro) para conseguir desmascarar seu avô e com isso colocá-lo na cadeia e reaver a sua empresa.

Neste conto podemos entender um pouco da sua personalidade e do seu passado e foi assim que nos foi apresentado o seu amigo de infância Viktor Yashkin (melhor amigo de seu irmão), ela sempre foi apaixonada por ele, ele via ela como uma irmãzinha, mas o tempo passa e as coisas mudam…

Como de costume não vou encher de Spoilers sobre a leitura, só posso dizer que vale a pena a leitura com certeza, eu devorei em algumas horas…

O conto possui 199 páginas e foi lançado em dezembro de 2020.

LETTI OLIVER é autora de romances e apaixonada pela magia do universo literário desde a infância. Nascida em Minas Gerais, onde vive atualmente com o marido e seus dois filhos, formou-se pedagoga pela Universidade Federeal de Alfenas, até encontrar na escrita sua maior paixão. Hoje em dia, tenta demonstrar através de suas histórias que muitos sonhos são feitos de palavras, e que a felicidade está logo ali, basta virar uma página.

E este foi o Post de hoje, espero que tenha curtido… Até a próximo…

Fernanda Tusutiya
Dicas de Leitura

Negócio Fechado (Família Villazza Livro 1)

postado em fevereiro 07, 2020

Boa tarde meus queridos leitores!!! Vem comigo se apaixonar por mais este lindo romance!!!! Desculpa estar sumida por aqui, mas prometo voltar com tudo!!!! Beijinhos da Nanda!!!!

Sinopse 

Marina, com apenas 24 anos, carrega marcas profundas causadas pela perda dos pais e pela saudade. Sozinha, sem formação e experiência, vê a oportunidade de reconstruir sua vida trabalhando como camareira em um luxuoso hotel do Rio de Janeiro. Porém, a chegada de um misterioso hóspede e a atração irresistível entre eles, desperta nela sentimentos nunca antes conhecidos. 

Antonio é um italiano que mora no Brasil desde criança e já se considera um brasileiro. Ele carrega dentro de si um sofrimento que esconde de todos, embora essa dor norteie a sua vida, e nem todo o dinheiro que tem é capaz de amenizá-la. 

Poderiam pessoas de mundos tão distantes viverem uma grande paixão?

 

Continue lendo
Fernanda Tusutiya