Dicas de Leitura

Montanha da Lua – Mari Scotti

postado em maio 19, 2017

Seja muito bem vinda sexta-feira!!!!!  Hoje tenho o prazer de apresentar a vocês mais uma escritora brasileira: Mari Scotti, este é o primeiro livro que tenho a oportunidade de ler dela, e sem dúvida nenhuma, foi prazeroso. Uma leitura gostosa e que me prendeu da primeira a última página. Se você se interessou bora continuar comigo!!!

Sinopse

Há seculos uma verdade acompanha cada herdeiro do ducado de Bousquet: A Maldicao dos Hallinsons. Conta-se que a tragedia os acompanha, levando a morte as esposas em seu primeiro ano de matrimonio. Geracao apos geracao, aprendem sua sina e a regra a seguir para possuir uma uniao frutifera e longa. Octavio Hallinson Segundo sofre as consequencias de nao seguir estes ensinamentos. Viuvo, isolou-se da sociedade, fugindo da responsabilidade de casar-se novamente para providenciar um herdeiro para seu titulo. Um homem marcado pela dor. Mical Baudelaire Nashgan sempre foi uma mulher decidida, enfrentando as ordens de sua tia e negando-se a seguir o protocolo que obrigava mulheres a procurar maridos apenas por posse de titulos e dinheiro e nao por amor. O posicionamento contraditorio aos costumes afastou os candidatos, tornando-a uma das unicas solteironas que sua provincia conheceu. A mais bela dentre elas. Uma tragedia a coloca frente aos perigos da floresta aos pes da Montanha da Lua e seu futuro torna-se incerto e assustador.

Resenha

 Neste conto histórico nos foi presenteado um romance que teve que lutar contra uma maldição, apesar de sinceramente não acreditar em tal coisa, apesar de tantos fatos que contradizem a minha opinião apresentados no livro.
Mas vamos ao mais importante, descrever os nossos protagonistas, começando pela nossa mocinha:

Mical Baudelaire Nashgan, perdeu os pais muito nova em um acidente de navio e foi criada pelos tios, por ter uma personalidade muito forte, se negou a casar – se sem amor, por isso só foi encontrar o seu amado quando já era mais madura. Ela foi para mim um grande exemplo de mulher, fiel aos seus ideais, uma grande amiga e um amável ser humano que teve o dom de amar e perdoar (mais de uma vez se permite dizer).

Como posso descrever o nosso Duque??? Octavio Hallison Segundo – Duque de Bousquet – é sem dúvida um homem contraditório aos meus olhos, ao mesmo tempo que é forte e viril, é medroso e covarde. Um homem grande, moreno, com olhos e cabelos negros, marcado por tanta dor e sofrimento, eu não consegui me decidir se eu o amo ou odeio!!!! Será que sou só eu que tive esse sentimento??? Sinceramente gostaria da opinião de quem já leu o livro… Ele se acovardou em tantas fases que eu fiquei ressentida e acredito que seja por isso que admiro tanto a Mical, acho que eu não perdoaria tão facilmente quanto ela.

Enfim, eu adorei a forma com que a Mari conta a estória, de uma forma muito bem escrita e detalhada, sem dúvida alguma lerei outras, se não todas, de suas obras. Mais uma grande pérola nacional que eu tenho o prazer de trazer aqui no Blog.

Recomendo sem medo a leitura, o livro conta com apenas 194 páginas, que eu devorei em menos de um dia e meio!!!! Para minha felicidade e deleite já tenho mais uma obra dela para ler: A noiva devota, que é a uma continuação da Maldição dos Hallisons, agora como Família Hallison – livro 2. (Em breve resenha por aqui).

 

Paulistana. Nascida em 22 de fevereiro de 1980. Formada em Recursos Humanos pela faculdade das Américas. Aprendeu a amar a literatura desde a infância quando sua mãe lhe mostrou um livro que estava escrevendo. Apoia sem reservas a literatura Nacional. Já gravou CD, compôs e hoje dedica a maior parte do seu tempo aos personagens.  Autora dos livros Híbrida – série Neblina e Escuridão pela Editora Novo Século e Insônia, série Nefilins. Criadora e administradora da fanpage de literatura nacional: Literatura Nacional BR e do Blog Coração de Papel. Responsável pela Semana do Livro Nacional no Estado de São Paulo desde 2014.

 

E este foi o Posto de hoje, espero que você tenha gostado!!! Até o próximo!!!

 

Fernanda Tusutiya

posts relacionados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *