Dicas de Leitura

Um amor Inesperado – Silvia Spadoni

postado em maio 15, 2017

 

Olha eu aqui de novo com uma resenha nacional, e como eu sou dessas que quando gosta de uma escritora lê tudo que ela já publicou continuo com a querida Silvia Spadoni em Um amor Inesperado!!!! Vem comigo conhecer mais esta deliciosa obra!!!!

 

Sinopse

Na antiga Inglaterra, Amélia é uma moça à frente de sua época. Para se ver livre do seu terrível tutor, ela embarca em um plano para se casar com um prisioneiro desconhecido que está no corredor da morte aguardando execução. O plano parece funcionar, meses se passam até que ela se considera viúva e já não sente a presença obscura de seu guardião. Mas, o mundo de Amélia vira de ponta cabeça quando Lorde Cunnington, o herdeiro até então ignorado do Conde de Hartford, assume as propriedades e é recebido na sociedade local como herói. Tudo estaria bem, se não fosse o fato de ser ele o prisioneiro com quem Amélia se casou as escondidas. Agora, Amélia precisará enfrentar sua nova realidade e o homem cujo nome comprou. O que ela não esperava eram os estranhos sentimentos que tomam conta dela toda vez que aqueles olhos negros a encaram.

 

Resenha

Neste maravilhoso romance histórico nos é presenteado um casal ímpar, pelo menos aos meus olhos, um começo para lá de inusitado que me fez ficar compenetrada em suas páginas, mas antes de revelar mais detalhes vou apresentar os nossos protagonistas, primeiramente a dama:

Lady Amélia Maria de Wintour, uma linda mulher ruiva, com lindos olhos verdes, apelidada pelo seu amado como Feiticeira (e confesso que quando imagino uma feiticeira é assim mesmo que a imagino), Amélia é uma linda jovem, corajosa, aventureira, mas que acima de tudo gosta da vida simples do campo e de cavalgar pelos bosques. Uma órfã que perdeu seus pais muito cedo e que acabou por ser criada pelos empregados e por este motivo tinha um amor verdadeiro por eles.

James Cunnigton – Conde de Hartford, como descrever esse herói??? – Um homem alto, forte, másculo, com cabelos pretos e olhos da mesma cor, um oficial do exército da Coroa Britânica, ou seja, corajoso e poderoso (eu me apaixonei por ele, tanta honra e respeito… 😍😍😍).

A União deste casal como mencionei foi para lá de única, Amélia para fugir do seu detestável tutor se viu obrigada a se casar para conseguir sua liberdade e eu direito a sua herança  (cláusula imposta pelo seu amado pai em testamento), para tal feito ela buscou em um condenado a morte na prisão o seu futuro marido e foi lá que o destino selou a União de Amélia e James (este último estava em uma missão secreta para se infiltrar nas tropas de Napoleão, e por este motivo seria encenada a sua morte). James se viu forçado pelos carcereiros a se casar com Amélia, pois caso ele se negasse o seu disfarce poderia ser comprometido, não tendo outra saída ele se casou com ela, é Amélia se casou achando que seu futuro marido estaria morto em alguns dias.

Passado dois anos daquela noite do casamento, os dois se reencontram por acaso em Rose Hall (casa de Melissa e Edward – melhores amigos de Amélia), foi como ver o seu marido voltar do mundo dos mortos e o desenrolar desta estória me fez rir, suspirar e chorar, mas chega de Spoiler’s.

Eu super indico a leitura gostosa e prazerosa deste lindo romance, o segundo livro conseguiu ser muito melhor que o primeiro, espero ansiosa pelo próximo livro Silvia!!! 😍📖😍

 

 Entrei em contato com a escritora e segue uma mini biografia conforme as suas próprias palavras: Sou advogada por formação,  graduada pela USP mas já aposentada. Escrever  é uma reivenção da terceira idade. Sou casada há 30 anos, mãe de 3 filhos,  inclusive um casal de gêmeos,  e de um peludo chamado Joca. Adoro ler, escrever e viajar.

E este foi o Post de hoje!!! Espero que tenha gostado e mais uma vez obrigado por estar sempre aqui comigo!!!

 

Fernanda Tusutiya
Fernanda Tusutiya

posts relacionados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *